Sonhos, metas e objetivos

Sonhos, metas e objetivos

Em algum momento entre a infância e a vida adulta a gente passou a acreditar que sonhar é coisa de criança e que adulto não sonha, adulto tem metas e objetivos.

Muitas vezes criamos sabotadores internos que, agem em nossa vida adulta como verdadeiros inimigos. Padrões mentais automáticos e habituais, com voz e crenças próprias.

Não nos permitimos sonhar e conectar estes sonhos as metas e objetivos estabelecidos.

Ter metas e objetivos é bom, sinal de que você está pensando no futuro, mas por que não vinculá-los aquilo que trará uma satisfação maior? Lembre-se que nem todo sonho envolve ir para a lua. Alguns são mais simples e totalmente executáveis. Por que abrir mão deles?

Podíamos estar dissertando apenas sobre como tirar sonhos do papel, mas será que em algum momento já os colocamos lá? Se você parasse agora para pensar, conseguiria listar alguns dos seus sonhos? Seja sincero com você! Qual foi a última vez em que você pensou neste assunto?

Então esse é o passo que eu quero sugerir hoje: coloque seus sonhos no papel. Tire um tempinho do seu dia ou da sua semana e permita dedicá-lo a você. Liste todos os sonhos, dos mais absurdos aos mais simples.

É aceitando que temos sonhos e relembrando quais são que nós começamos a realizá-los!

Esqueça por um instante as limitações atuais. Esqueça por enquanto o que não deu certo ou aqueles objetivos que ainda não foram concluídos.

Foque suas energias para colocar neste papel os seus sonhos e as ações que farão com que você chegue cada vez mais perto das realizações.

Em um segundo momento, estabeleça datas, pois elas o auxiliarão a focar na realização de cada etapa e nortearão onde seus esforços deverão ser direcionados.

Por fim, estabeleça um compromisso com você mesmo!

Uma hora você precisará começar as mudanças que deseja, por que não agora?

Faça um comentário